O mercado funciona com diferentes classes de renda.

Ações imobiliárias como instrumentos legais como as parcerias público-privadas
também constituem novos condicionamentos dessa produção capitalista da
metrópole, muitas vezes atolada em contradições entre os imóveis de luxo,
projetados para demandas de alta solvência e a persistência de problemas
básicos na cidade. A classe ‘A’ tem renda mensal superior a 20 salários mínimos; classe ‘B’, entre
10 e 20 salários mínimos; classe ‘C’, de 4 a 10 salários mínimos; classe ‘D’, entre
2 e 4 salários mínimos; e classe ‘E’, com renda mensal inferior a dois salários
mínimos.
A renda familiar mensal necessária para adquirir o imóvel de mais alto padrão
gira em torno de 110 salários mínimos, bem acima da classificação mencionada.
Telefone imobiliaria em piracicaba sp
Para fins didáticos e considerando que tanto o incorporador quanto os corretores
informaram sobre a renda necessária para adquirir o imóvel na Reserva do
Paiva, considera-se que um segmento AA varia de 50 salários mínimos e AAA,
mais de 110 salários mínimos, segundo o padrão genérico adotada pelos
corretores que vendem este megaprojeto imobiliário.
Nesse estudo, as construções discursivas concebidas ou alimentadas pelo
marketing são enganosas sobre a realidade urbana de várias maneiras. Com
base nisso, segue abaixo uma análise que foca a inserção do marketing à luz do
esteticismo da mercadoria, conforme apresentado acima.

Leave a Reply

Your email address will not be published.