raimundo-rosa_9760Dá para imaginar que, há 300 anos, foi criado um forno solar, construído com lentes e capaz de assar carnes?

Esse e muitos outros inventos do santista Bartholomeu de Gusmão (1685-1724) podem ser conferidos em 13 maquetes de autoria de João Inácio da Silva Filho, que integram a exposição a ser aberta na quarta (15), às 11h, no Museu Pelé (Largo Marquês de Monte Alegre, 1, Valongo).

Com entrada gratuita, a mostra permanecerá aberta até o próximo mês.

Primeiro cientista das Américas e mais conhecido como padre voador, por ter inventado o aeróstato, o balão de ar quente, ele também criou o sistema de automação para drenar água dos porões, utilizado até hoje pelos navios, e o carneiro hidráulico, que bombeia água utilizando sua própria força. Esse, aliás, foi seu primeiro invento, quando tinha 14 anos, capaz de levar água a uma altura de 100 metros.

Bartholomeu de Gusmão, tido como o avô da aviação, foi também responsável pela criação de códigos criptografados e de adaptações para melhorar a eficiência dos moinhos de vento, entre muitos outros inventos. Na mostra, também está exposto documento da Biblioteca Pública Municipal da Cidade do Porto (Portugal), que comprova ter sido o padre santista o primeiro cientista a acreditar na possibilidade de o homem voar, utilizando um balão de ar quente.