Depois de seis meses de pré-produção, seleção de elenco, debates sobre importância do protagonismo do negro, chegou a hora das filmagens do curta Ponto Final, do diretor santista e educador do Instituto Querô, Rubens de Farias. As cenas foram gravadas durante os dias 04 e 05 de julho em diversos pontos de Santos e dentro de um ônibus coletivo cedido pela Viação Piracicabana.

O grande desafio para a produção foi viabilizar as gravações dentro do veículo em movimento. “Um ônibus é estreio, o corredor é pequeno, são muitos bancos. Então tivemos que pensar muito bem em como montar as cenas de acordo com o espaço”, conta o diretor Rubens de Farias. Com um roteiro que mistura poesia, romance, sonhos e realidade, o público pode esperar bons frutos do curta Ponto Final. “Um encontro cósmico de pessoas que gerou um filme lindo, cheio de sentimentos, magia e comprometimento”, comemora o diretor.

O jovem das Oficinas Querô Básicas, Luiz Marques, também participou da produção como Assistente de Fotografia. “Foi uma das minhas primeiras experiências em um set de filmagem participando diretamente na produção. Tive ajuda de ótimos profissionais, não apenas na fotografia, mas em todas as áreas. Foram dois dias de muito aprendizado que vou levar para a vida toda!”, comentou. Camila Amaral, Bianca Munhoz e Laís Araújo, capacitadas na Turma Avançada de 2014, também estavam na equipe, não mais como jovens do Querô, mas agora como profissionais atuantes no mercado audiovisual.

Ponto finalconta a história de dois jovens negros de Santos, numa tarde chuvosa de outono, que se apaixonam dentro de um ônibus coletivo. Juliana Damázio e Cleyton Nascimento vivem os protagonistas da trama que gira em torno de sentimentos. “Exatos segundos” é o nome da música que serve de trilha sonora, composta por Jota Amaral e pelo Coletivo Teremin, especialmente para o curta. Baseado no texto “Decupagem”, de Dayane Rodrigues, o curta-metragem tem direção e roteiro adaptado de Rubens de Farias, produção de Rachel Munhoz e apoio da Viação Piracicabana, Fórum da Cidadania de Santos, Clube do Choro de Santos, Lobo Estúdio, Alojaki Hostel, Janela Digital, Video Paradiso, Brigadeiros Dona Chita, Sandubike, Pousada Santo Antônio e Reino Doce.