Em nova fase e sob a curadoria de Nívio Mota, o Cine Letras, projeto da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) que une cinema e literatura, exibe o documentário Janela da Alma. Lançada em 2001, a produção, que tem direção de João Jardim e Walter Carvalho, traz 19 pessoas com diferentes graus de deficiência visual, da miopia discreta à cegueira total, que falam como se veem, como veem os outros e como percebem o mundo.

O escritor José Saramago, o músico Hermeto Paschoal e o cineasta Wim Wenders, entre outros, fazem revelações pessoais e inesperadas sobre vários aspectos relativos à visão. Durante o evento, o Leia Santos – Um Incentivo à Leitura disponibiliza um estande com livros que remetem aos temas propostos pelo filme, além de biografias de grandes nomes do cinema e obras que geraram adaptações para a telona.

Terça-feira (24). 19h. Biblioteca Mário Faria. Posto 6, Praia da Aparecida. Gratuito.