horta-seu-claudio-5“Qualquer panelinha, qualquer vasinho, uma garrafa pet. Põe a terra e põe a semente, pode ser de tomate, de pimentão. Você vai ver aquilo crescer e você vai vendo aumentar a vontade de plantar as coisas”.

Assim resume o administrador Claudio Ferreira, 72 anos, quando descreve a motivação para fazer sua horta em casa.

Após uma vida corrida, dedicada ao ramo de indústria química, mudou radicalmente sua rotina de viagens e reuniões. “De uns anos para cá, comecei a trazer isso para minha vida. É uma terapia e também uma qualidade de vida, alimento sem agrotóxico, saboroso, que cresceu dentro da sua casa. Isso é sensacional”.

Atualmente, Claudio pode se dedicar a testar novas maneiras de plantar sementes e mudas, produzir seu próprio adubo caseiro e alimentar a família com a produção feita em casa. “Domingo, a minha esposa fez um nhoque. Falou pra eu vir pegar alguma coisa para o tempero. Peguei salsinha, orégano, manjericão. Fez um molho pesto maravilhoso”.

VIVÊNCIA

horta-seu-claudio-10Antônio Elias da Mota, 67 anos, sempre gostou de plantar. Na infância, morava em sítio e sempre teve o sonho de resgatar o contato com a terra. Há mais de um ano frequenta o curso Horta Ecológica, no Jardim Botânico Chico Mendes (Rua João Fracarolli s/n). “No terreno de casa tenho pé de tomate, abóbora, jiló. Foi no curso que aprendi como a terra deve ser adubada e preparada para o plantio. Já tenho colhido bons frutos”.

O curso é gratuito e as aulas acontecem às quartas-feiras, das 14h às 17h. Entre os temas tratados estão compostagem orgânica, produção de mudas, sementeiras, preparação de canteiro, práticas de cultivo e colheita, ervas medicinais e prática de agrofloresta.

Fotos: Francisco Arrais