Tem início nesta sexta-feira (15), no Sesc-Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida), a 22ª edição do Fescete – Festival de Cenas Teatrais. A cerimônia de abertura, que começa às 20h, será marcada pela homenagem a atriz, diretora e professora Renata Zhaneta, que coordena a Escola de Artes Cênicas (EAC) Wilson Geraldo. Na sequência será apresentado o espetáculo ‘Gandhi, a Ética Inspiradora’. Os ingressos gratuitos podem ser retirados, na sexta-feira, na bilheteria do local, a partir das 10h.

Pioneiro do gênero em nosso País, o Fescete tem como tema este ano as Singularidades, traços únicos que marcam uma forma diferente de caminhar pela arte genuinamente coletiva que é o teatro. O festival reúne grupos de toda a Baixada Santista, São Paulo, Indaiatuba e Rio de Janeiro, em mais de nove espaços descentralizados da nossa Cidade.

Além das cenas nas mostras competitivas Mirim, Estudantil, Adulto e Monólogo, até o próximo dia 29, o evento conta com diversas atividades como encontro de palhaçaria, mesa redonda sobre a temática, oficinas e workshops, além do concurso de poesias.

Diversidade e campanhas

A equipe do Coletivo Negro da Bahia, a atriz transexual Renata Carvalho e o cantor e compositor Silvino, que dialoga sobre a vivência com o HIV em suas canções, são alguns dos responsáveis pelas Rodas de Conversa do Festival.

A edição de 2018 do Fescete também contará com duas campanhas solidárias. A organização realiza arrecadação de alimentos enlatados para as cestas básicas das famílias atendidas pelo Grupo de Apoio à Prevenção à Aids (Gapa/BS) e, também, recolhe novelos de lãs para o grupo voluntário Quadradinhos de Amor, que costura mantas para população mais vulnerável.

O Festival

Realizado pelo TESCOM Promoções Artísticas e Culturais, em parceria com a Prefeitura Municipal de Santos, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e com o patrocínio da Codesp, o Fescete apresenta, ao longo destes 21 anos, números impressionantes. Cerca de 190 mil espectadores já assistiram os grupos e companhias, em mais de 1.500 apresentações artísticas com cenas e espetáculos em mostras competitivas e convidadas. Somente na última edição, foram mais de 80 ações artísticas.