A ‘Ruínas Engenho São Jorge dos Erasmos’ tem jornada dupla neste sábado (28). Localizado na Rua Alan Cíber Pinto, nº 96, Vila São Jorge, na Zona Noroeste, o monumento nacional recebe, às 14h30, o evento portas abertas e palestra ‘A Matemática do Açúcar’, com o Prof. Dr. Pablo Oller Mont Serrath. Mais tarde, às 19h30, é a vez da última sessão da temporada de 2017 do espetáculo ‘História. Luz e Som: memórias de um Velho Engenho’.

Os eventos são gratuitos. As inscrições para espectadores são realizadas através das páginas www.engenho.prceu.usp.br/events/a-matematica-do-acucarwww.engenho.prceu.usp.br/events/historia-luz-e-som-6.

A Matemática do Acúçar
Segundo um cronista do início do Século XVIII, quem chamou as oficinas em que se fabrica o açúcar de Engenhos acertou verdadeiramente no nome. “Porque quem quer que as vê (…) é obrigado a confessar que são um dos principais partos e invenções do engenho humano.” Conhecer o processo produtivo do açúcar é acompanhar uma história de técnicas e desenvolvimento científico com o uso de princípios da física, da química e da matemática. Nesta apresentação Prof. Dr. Pablo Oller Mont Serrath detalha o uso dos números, das medidas da contagem de tempo, de áreas e volumes envolvidos na produção do açúcar no período colonial brasileiro.

Pelo segundo ano, a Semana USP de Ciência e Tecnologia abrirá as portas da Universidade de São Paulo, oferecendo dezenas de atividades gratuitas em São Paulo, no interior e em Santos, repletas de curiosidades e explicações lúdicas.

A participação é gratuita as inscrições para as 70 vagas devem ser realizadas na página do evento http://www.engenho.prceu.usp.br/events/a-matematica-do-acucar.

‘História. Luz e Som: memórias de um Velho Engenho’
Iniciativa original no contexto da USP e da Baixada Santista, idealizado a partir de sugestão, em 2010, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP, a Profª. Drª. Vera Lucia Amaral Ferlini e o arquiteto e arqueólogo Silvio Luiz Cordeiro, que pôde ser realizado com o financiamento do BNDES, o espetáculo alia arte e ciência em uma experiência de difusão cultural que valoriza este importante testemunho histórico e arqueológico.

Ao associar temas da História do Brasil com espaço de fruição artística, a projeção busca aguçar a sensibilidade do espectador. O videomapping (projeção de imagens em sincronia com trilhas musicais e paisagens sonoras) permite aos presentes acompanharem a narrativa concebida para explorar a dimensão histórica das Ruínas e garante uma experiência envolvente para o público. As próprias estruturas em ruínas, no seu estado bruto, formam certos planos propícios à projeção audiovisual.

O evento gratuito e a participação é limitada a 70 vagas limitadas. As inscrições devem ser realizadas pela página do evento na página www.engenho.prceu.usp.br/events/historia-luz-e-som-6. Outras informações através do telefone 3229-2703 ou do e-mail resjerasmos@gmail.com.

Divirta-se: Para conferir toda a programação da Secretaria de Cultura clique aqui