Santos é uma cidade internacional. Desde seu início passaram por aqui pessoas de toa a parte do mundo que vinham para o Brasil em busca de oportunidades. Pelo Porto de Santos não entravam apenas mercadorias e pessoas, mas também, ideias. Assim, surgiu sua vocação inovadora marcante no presente e no planejamento do futuro.

É uma cidade conectada com seus moradores e com o mundo. Sua cultura é rica, com forte impacto econômico, favorecendo a propriedade intelectual e fazendo da criatividade de sua gente seu maior patrimônio

A cidade possui 5 grandes teatros, sendo 3 deles municipais (Braz Cubas, Guarany e Coliseu) e outros dois mantidos pela iniciativa privada (SESC e SESI), todos com programação semanal regular tanto de artistas da região quanto como parte das turnês de grandes espetáculos teatrais, de dança e musicais

O teatro Coliseu é também sede da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos, que conta com 41 músicos e agenda mensal de apresentações tanto no local quanto em outros pontos da cidade. A Escola de Bailado Municipal é referência em formação de excelência na área

Com maior público proporcional de cinema do Brasil, a cidade conta com 22 salas comerciais e 2 salas públicas de cinema. Uma delas – o Posto 4 Cine Arte – fica à beira mar, na praia do Gonzaga, instalada em um antigo Posto de Salvamento dos Bombeiros. A outra fica no Centro Cultural da Zona Noroeste.

A cidade conta com festivais culturais ao longo do ano que, além de promover o intercâmbio cultural entre os artistas locais e o que é produzido no Brasil (e também fora dele), movimenta a rede hoteleira do Município. Curiosamente, a maior partes destes festivais está concentrada no mês de setembro, período em que a cidade respira cultura nas ruas, praças e teatros.