O edital de Chamamento Público para o Credenciamento de Profissionais das Áreas Artística e Cultural para a Realização de Oficinas de Formação Cultural nos Equipamentos Públicos foi publicado nesta sexta-feira (1º), na página 16 do Diário Oficial de Santos. As atividades serão oferecidas por meio de convênio firmado entre as secretarias Estadual e Municipal de Cultura, nos espaços da Cadeia Velha, Centro de Cultura Patrícia Galvão, Centro Cultural da Zona Noroeste, Centro de Atividades Integradas (Cais) Milton Teixeira, Museu Pelé, Teatro Guarany, auditório da Secretaria Municipal de Governo e Jardim Botânico Chico Mendes.

O período de inscrição de projetos ocorre do próximo dia 4 até 30 de abril de 2018. Os cadastros podem ser realizados presencialmente, no 4º andar da Secretaria Municipal de Cultura de Santos (Secult), ou enviados pelo correio para a Av. Senador Pinheiro Machado, 48, 4º andar, Vila Mathias, Santos – SP, Cep 11075-907. Nas inscrições pelo Correio, com nome do proponente destacado, será considerada a data da postagem.

Os profissionais da área artística, com experiência comprovada no setor de atuação escolhido, devem entregar propostas contemplando atividades nos campos de Audiovisual, Música, Dança, Teatro, Circo, Literatura, Artes Visuais, Fotografia, Arte Urbana e Hip Hop, além de Gestão Cultural no Planejamento de Projetos Culturais, Curadoria, Produção e Mediação Cultural.

Os projetos devem proporcionar conhecimentos gerais e específicos sobre a modalidade, atualização, enriquecimento pessoal e formação nas diversas linguagens artísticas e culturais, com a participação dos munícipes em atividades de lazer, fruição e socialização.

Todos os trabalhos deverão conter a faixa etária do público a que se destinam e poderão ter carga horária máxima de 36 horas e mínima de duas horas, sendo que os dias e horários serão definidos em conjunto com a equipe da Secult.

Documentação
Podem participar do chamamento os profissionais maiores de 18 anos de idade, que apresentem a documentação exigida. É necessário entregar duas vias do projeto, de igual teor, sem encadernação e em folhas soltas e numeradas, enviadas em envelopes separados, contidos num único envelope externo. Cada proponente poderá inscrever até duas propostas.

O projeto deve conter ficha de inscrição totalmente preenchida e assinada. A Proposta de Oficina de Formação Cultural deve conter a identificação e a descrição concisa da oficina, incluindo objetivo, método a ser aplicado e a justificativa, de até duas laudas, além do público-alvo. Também deve constar a descrição das atividades, relação dos materiais e equipamentos para a realização, observado o preenchimento obrigatório do Plano de Trabalho.

O candidato também precisa enviar curriculum vitae atualizado contendo a formação e experiência do profissional, ter experiência comprovada em atividades artístico-pedagógicas adequadas ao perfil de cada modalidade e comprovação de formação técnica (se houver).

Não serão aceitas inscrições de projetos que não cumpram rigorosamente todas as exigências previstas no edital. A ausência de qualquer documento implica na desclassificação do interessado.

Vale destacar que os candidatos não poderão ser membros da administração pública municipal de Santos, ou cônjuge ou companheiro, parente consanguíneo ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau de funcionário público municipal. No caso de propostas coletivas, todos os coautores devem preencher os requisitos de participação. Confira o edital completo acessando www.santos.sp.gov.br.