Aulas são gratuitas.

O Instituto Arte no Dique abriu as inscrições para suas oficinas formativas de Capoeira, Percussão Infantil, Percussão juvenil e adulto, Teatro, Customização, Violão, Informática, Taekwondo, Dança estilos fit dance e livre, turmas de 2018.

Interessados – crianças, jovens e adultos – já podem se inscrever gratuitamente na sede do Instituto, Rua Brigadeiro Faria Lima, 1349, Rádio Clube, de segunda a sexta, em horário comercial.

É obrigatório apresentar cópias do RG, CPF e do comprovante de residência. Menores de 18 anos precisam se inscrever acompanhados de responsável.

As vagas são para as seguintes oficinas:

Capoeira

30 alunos a partir dos 6 anos

Professor – Mestre Nando

Horários – terça e quinta das 20h até 22h, e sábado, 10h às 12h

Percussão Infantil 

30 alunos de 6 até 14 anos

Professor Edison Cabeça

Horários – segunda à sexta, 16h às 17h

Percussão Juvenil e Adulto

30 alunos acima de 15 anos

Professores Ronaldo Santana e Carlos Santana

Horários – segunda à sexta, 9h15 às 10h15 e 17h às 18h

Teatro

30 alunos a partir dos 7 anos

Professor: Rafael Palmieri

Horários: Segundas e quartas, 18h às 20h

Customização

30 alunos a partir de 15 anos

Professora: Jurema de Jesus
Horários: Terças e sextas, 14h às 17h

Violão

20 alunos a partir de 7 anos

Professor: Ugo Castro Alves
Horários: Segundas e quartas, 16h às 17h e 17h às 18h

Informática

20 alunos

Professora: Brenda Baldan
Horários: Terças e quintas, 8h às 9h30, 9h30 às 11h, 13h às 14h30 e 14h30 às 16h

Taekwondo

30 alunos

Professor: Wilson Santos
Horários: Segundas, quartas e sextas, 20h às 22h

Dança estilo fit dance e estilo livre

30 alunos

Professor – Felipe Nego Malah

Horários: Terças e quintas, 18h às 19h

Maiores informações: 3291-9464.

Sobre o Instituto Arte no Dique:

O Instituto Arte no Dique, que completou 15 anos de atuação no fim de novembro de 2017, desenvolve trabalho sócio cultural com a população do Dique da Vila Gilda na Zona Noroeste de Santos. Tem a missão de oferecer oportunidade de transformação e desenvolvimento humano e social a crianças, adolescentes, jovens e adultos através da participação da comunidade em ações educativas, de geração de renda, meio ambiente e valorização da cultura popular da região.

O projeto é desenvolvido numa das regiões de maior vulnerabilidade social da cidade, com uma população de 22 mil habitantes vivendo em condições precárias, em palafitas à beira do mangue, sobre o Rio Bugre.

Com a participação efetiva da comunidade e a contribuição dos diferentes setores da sociedade o que poderia parecer impossível está acontecendo. Atualmente, a instituição atende mais de 600 pessoas da região.

www.artenodique.org

www.facebook.com/artenodique