A Gravidade da Cerveja

Uma medida da quantidade total de sólidos que são dissolvidos no mosto,
compara a densidade do mosto com a densidade da água, que é
convencionalmente dada como 1.000 a 60 Fahrenheit. Gravidade Final (FG): A
gravidade específica de uma cerveja medida quando a fermentação está
completa (quando todos os açúcares fermentáveis desejados foram convertidos
em álcool e dióxido de carbono).
Quando a fermentação ocorreu, este número é sempre menor que a Gravidade
Original. Álcool por volume (ABV): Uma medida do teor alcoólico em termos do
volume percentual de álcool por volume de cerveja. Atenção: Esta medida é
sempre superior ao Álcool por Peso (não incluído neste guia).
Para calcular o teor alcoólico volumétrico aproximado, subtraia FG de OG e
divida por 0,0075. Exemplo: OG = 1,050, FG = 1,012 ABV = (1,050 – 1,012) /
0,0075 ABV = 0,038 / 0,0075 ABV = 5,067 ABV = 5% (aproximadamente)
Unidades Internacionais de Amargor (IBUs): 1 unidade de amargor = 1 miligrama
de isomerizado (exposto para aquecer) alfa ácidos de lúpulo em um litro de
cerveja. Pode variar de 0 (mais baixo – sem amargor) até acima de 100 IBUs.
Normalmente, a população em geral não consegue perceber o amargor acima
ou abaixo de uma faixa específica de IBUs (abaixo de 8 e acima de 80 IBUs por
algumas fontes).
Índice de Amargura (BU:GU): Uma comparação de IBUs (Unidades de
Amargura) para açúcares (Unidades de Gravidade) em uma cerveja. .5 é
percebido como equilibrado, menos de .5 é percebido como mais doce e acima
de .5 é percebido como mais amargo. Fórmula: Divida o IBU pelos dois últimos
dígitos da Gravidade Original (remova o 1,0) para obter um amargor relativo.
Nota: A carbonatação também equilibra o amargor da cerveja, mas não é
considerada nesta equação. https://www.clubedomalte.com.br/estilos/sem-alcool

Leave a Reply

Your email address will not be published.