Fundada em 26 de janeiro de 1546, Santos é hoje a 10ª maior cidade do Estado de São Paulo, com uma população de 433.153 habitantes, segundo o Censo 2013 (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística/IBGE).

Localizada no litoral paulista e a 72 quilômetros da capital, a cidade ostenta o 5º lugar no ranking de qualidade de vida dos municípios brasileiros, conforme Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) aferido pela Organização das Nações Unidas (ONU) com base nos níveis de expectativa de vida, educação e PIB per capita.

As atividades ligadas ao Porto – o maior da América Latina, com 13 quilômetros de extensão e por onde passa mais de um quarto de todas as cargas que entram e saem do Brasil, configuram como principal fonte de riquezas do município, fazendo de Santos a cidade da Região Metropolitana da Baixada Santista mais importante economicamente e uma das mais ricas do país.

Os setores do Turismo, de Serviços e da Pesca em geral completam a lista de maiores atividades da economia santista, mas a exploração de extensa camada pré-sal de petróleo e gás na Bacia de Santos, descoberta anunciada em 2006 pela Petrobras, já causa impactos positivos e deverá ser um dos motores na década atual.

De um lado a economia pujante, de outro sua vocação para o lazer. Santos tem como principal atrativo os sete quilômetros de praia, acompanhados pelo maior jardim de orla do mundo – título concedido pelo Guinness Book, o livro dos recordes.

Em pé de igualdade com os jardins e a praia, como principais pontos turísticos e cartões-postais da cidade, está o Centro Histórico. Região vizinha ao complexo portuário, o Centro conserva vivo em suas estreitas e charmosas ruas com calçamento de pedra um passado de glórias com a comercialização do café, que já figurou como principal produto de exportação brasileiro. A cidade tem se destacado também no turismo de negócios e no ecoturismo, já que quase a totalidade de sua porção continental se mantém preservada, o que a confere importância à preservação do Meio Ambiente como premissa da cidade.

Santos também se destaca pela mobilidade urbana. Com 30.430 metros, a malha cicloviária de Santos não para de crescer. As vias exclusivas para bicicletas interligam a orla ao Centro de Santos, a divisa com São Vicente à área do Porto e a zona Leste à Zona Noroeste – região que concentra os atuais investimentos na ampliação das ciclovias.

Devido ao estímulo que dá ao uso desse meio de transporte, Santos é considerada ‘cidade amiga da bicicleta’ pela ABC (Associação Brasileira dos Ciclistas). A condição de ser uma cidade quase totalmente plana favorece a adesão a esta modalidade de transporte, que além de econômica, é saudável e ambientalmente correta.

Além disso, a rede de transporte público de Santos é toda dotada de internet wi-fi gratuita.

Links úteis

santos_films  orquestra  museu pele  liga gourmet

miss   fundação cinemark